Lebução fica situada em lugar alto e aprazível, na margem esquerda do rio Calvo, entre montanhas onde o tempo guardou riquezas e mistérios. A 25km da sede do concelho, goza de um clima de montanha com invernos frios, verões quentes e de paisagens deslumbrantes.

É uma aldeia tradicionalmente vocacionada para a agricultura (centeio, batata, castanha e vinho) e para o comércio de largas tradições. Em tempos remotos, Lebução, foi o centro das transacções comerciais de uma enorme área circundante, que se efectuavam por troca directa de produtos.

Monumentalmente, a Igreja abraça, do alto das suas torres sineiras, todo o casario disposto em anfiteatro e chama os fiéis à oração. É obra da renascença, de muros altos e bem alinhados, construção de uma só nave. O retábulo do altar-mor, é de apreciável valor artístico, com colunas salomónicas e motivos ornamentais e simbólicos, realçando as arquivoltas que guarnecem a abóbada polícroma da tribuna.O Orago da freguesia é S. Nicolau, mas a principal referência religiosa desta terra é Nossa Senhora dos Remédios, que tem o seu dia no calendário religioso - 8 de Setembro.

Aqui, como em todo o Nordeste de Portugal, usa-se uma linguagem oral, um conjunto de termos e expressões que, pouco a pouco, se vão perdendo com a partida dos mais idosos.

A hospitalidade está presente nas vivências diárias, marcadas por um espírito de partilha e solidariedade. A porta das casas de Lebução está sempre aberta para receber, à boa maneira transmontana, "quem vier por bem".


A ideia deste Blogue, surgiu da necessidade de preservar a identidade desta comunidade, aproximando todos os Lebuçanenses da sua terra natal.

A feira do Folar de Valpaços

domingo, 23 de abril de 2017

Festa de Nossa Senhora das Brotas

Foto de Fernando Ribeiro



Hoje, Domingo de Pascoela, comemora-se em Chaves, mais concretamente, no Forte de São Neutel, a festa de Nossa Senhora das Brotas. É nestes dias, que as portas do Forte se abrem, para deixar entrar a multidão, que acorre à capelinha da Santa para Lhe prestar homenagem, cumprindo promessas e implorando graças.
Mais uma vez os meus planos de visitar o Forte, a Capela e a Santa, saíram gorados.
Hoje, não sei a que horas, nem se pode prever, vou receber o Compasso em minha casa. 
Há mais marés que marinheiros, diz o povo.
E eu digo _ O que não se faz no dia de Santa Luzia, faz-se no outro dia.
















































sexta-feira, 21 de abril de 2017

a carqueja é uma erva espontânea, que nasce em terrenos baldios e pastos






Conhecida por ser uma planta de sabor amargo, mas que contém propriedades de emagrecimento, a carqueja é uma erva espontânea em terrenos baldios e pastos, sendo, muitas vezes. considerada daninha. Adapta-se a locais húmidos e com luz solar directa, a planta pertencente à família Asteraceae que tem o nome científico de Baccharis trimea, pode reproduzir-se por meio de sementes ou mudas e seu cultivo é mais evidente nas regiões tropicais da América Latina. A planta pode chegar a medir até dois metros de altura.
É usada para o tratamento de várias doenças, atribuindo-se as propriedades tónicas, estomáquicas, febrífugas, e principalmente, em problemas hepáticos e contra disfunções estomacais e intestinais, além das propriedades anti-inflamatórias, diuréticas e digestivas, antianémica, antiasmática, antibiótica, antidiarréica, antidiabétíca, antidispéptica, antigripal, anti-hidrópica, anti-reumática, anti-Trypanosoma cruzi (causador da moléstia de Chagas), laxante, moluscocida (contra Biomplalaria glabrata, hospedeiro intermediário do Schistosoma mansoni, causador da esquistossomose), sudorífica e vermífuga.
Afecções febris, afecções gástricas, intestinais, das vias urinárias, hepáticas e biliares (ictérícia, cálculos biliares, etc.); aftas, amigdalite, anemia, angina, anorexia, asma, astenia, azia, bronquite asmática, chagas venéreas, coadjuvante em regimes de emagrecimento, colesterol (redução de 5 a 10%.), desintoxicação do fígado, diabete, diarréias, dispepsias; doenças venéreas; enfermidades da bexiga, do fígado, dos rins, do pâncreas e do baço; espasmo, esterilidade feminina, estomatite, faringite, feridas, fraqueza intestinal, garganta, gastrite, gastroenterites. 

Não utilizar em gestantes e lactantes. O uso pode causar hipotensão. Evitar o uso concomitante com medicamentos para hipertensão e diabetes. Uso destinado a maiores de 12 anos. 
Como preparar

Para fazer a infusão basta colocar a água para ferver (1/2 Litro) e quando ela atingir o ponto de fervura desligue o fogo e acrescente as 2 colheres (sopa) de folhas picadas da planta. Abafe o chá por alguns minutos, deixe amornar, coe e beba a seguir. Tome até 03 xícaras do chá por dia, pois em excesso pode causar indigestão. Para adoçar, prefira o mel.

Fonte: Remédio Caseiro

















































quinta-feira, 20 de abril de 2017

A nêspera é uma fruta muito saudável e nutritiva



A nêspera é uma fruta doce e rica em muitas vitaminas, minerais, antioxidantes, flavonoides e outros nutrientes. É uma fruta muito saudável e nutritiva.
A Nêspera é benéfica na protecção contra o cancro, inflamação e doenças degenerativas. Além disso, também é benéfica para a saúde dos olhos.
Previne contra o cancro de cólon: A Nêspera contém uma elevada quantidade de fibra dietética conhecida como pectina, que ajuda a ligar e limpar as toxinas do cólon. Assim, reduz os efeitos das toxinas do corpo, além de proteger contra o cancro do cólon.
A Nêspera contém uma boa quantidade de Potássio que é necessário para manter sobre controlo os níveis de sódio. Além disso, o Potássio é necessário para manter os níveis de fluido em equilíbrio. Portando, a Nêspera ajuda a manter a pressão arterial controlada e reduz o risco de derrame e ataque cardíaco. Esta também contém minerais como o Manganês, Magnésio, Ferro, Cobre e Vitamina A, que ajudam a manter a pressão sanguínea controlada.
Ajuda a aumentar a formação de sangue: A Nêspera é uma fruta rica em nutrientes que são necessários para a produção de sangue, fornecendo Manganês, Magnésio, Ferro, Cobre e de folato que são necessários para a formação de glóbulos vermelhos. Além disso, ela contém Vitamina C, que aumenta a capacidade de absorção de ferro do corpo.
As frutas frescas contêm uma boa quantidade de vitamina A, sendo esta uma vitamina benéfica para a saúde dos olhos. Além disso, a nêspera possui uma grande quantidade de antioxidantes, que ajudam na protecção dos olhos. 

Fonte: Internet
















































terça-feira, 18 de abril de 2017

O mistério do Cristo desenterrado



O mistério do Cristo desenterrado


[hoje, o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios]

A capela do Espírito Santo, hoje implantada no campus da UTAD, em Vila Real, e um dos seus ex-libris, foi erigida no séc. XV, pela família Teixeira e Coelho, que formava nesse tempo um importante morgadio na região. Ficou então implantada no fundo do Campo do Tabolado (hoje Av. Carvalho Araújo), em apoio à casa do hospício, com camas para passageiros pobres com três dias de estrada.


Nada de especial sobre ela, até que, dois séculos depois, foi lá parar uma enigmática imagem de Cristo Crucificado. Esta imagem, segundo a tradição, havia sido oferecida pela rainha Santa Isabel à igreja de S. Dinis, situada na Vila Velha, onde, um clérigo visitador a encontrou maltratada e carcomida pelo tempo, pelo que a mandou enterrar. Valeu-lhe, porém, um jovem padre que, conhecedor do local do enterro, foi mais tarde desenterrá-la discretamente, mandando-a restaurar, para depois, por sua conta e risco, a colocar na capela do Espirito Santo. E, segundo as velhas crónicas, no próprio dia em que ali a colocou (10 de maio de 1664), uma mulher aleijada das pernas, que se movia “com o rosto nos joelhos”, bastou olhá-la, para, de imediato, ficar curada. A notícia correu célere e logo muitos outros aleijados de Vila Real e subúrbios ali foram também, e todos se curaram, ao que as lendas narram.

Fonte: Alexandre Parafita
















































segunda-feira, 17 de abril de 2017

Ó cruz do meu Senhor, é se te encontro à tarde, antes de o Sol se pôr



A CRUZ MUTILADA



Amo-te, ó cruz, no vértice, firmada
De esplêndidas igrejas;
Amo-te quando à noite, sobre a campa,
Junto ao cipreste alvejas;
Amo-te sobre o altar, onde, entre incensos,
As preces te rodeiam;
Amo-te quando em préstito festivo
As multidões te hasteiam;
Amo-te erguida no cruzeiro antigo,
No adro do presbitério,
Ou quando o morto, impressa no ataúde,
Guias ao cemitério;
Amo-te, ó cruz, até, quando no vale
Negrejas triste e só,
Núncia do crime, a que deveu a terra
Do assassinado o pó:

Porém quando mais te amo,
Ó cruz do meu Senhor,
É, se te encontro à tarde,
Antes de o Sol se pôr,

Na clareira da serra,
Que o arvoredo assombra,
Quando à luz que fenece
Se estira a tua sombra,

E o dia últimos raios
Com o luar mistura,
E o seu hino da tarde
O pinheiral murmura.


Alexandre Herculano















































domingo, 16 de abril de 2017

Jesus ressuscitou _ Aleluia



ALELUIA !


É meio dia em ponto . O sol a pino . 
Um zéfiro perpassa quente e brando . 
A Terra está em festa ... exultando 
Em honra do dulcíssimo Rabino !

Ao concerto se uniu a voz do sino 
Sonora alegremente repicando .
Volteia pelo ar alegre bando , 
Um bando d'aves sob o azul divino

Foi doce Estrela Síria o bom Jesus ! 
Quis toda a humanidade calma e santa
Como este vivo Sol que ora reluz!

Eu te saúdo consagrado dia ... 
Ramagens ,aves , fontes ,tudo canta ! 
Jesus ressuscitou ! Aleluia ! 
Chaves , 23-3-940



Artur Maria Afonso






























































sábado, 15 de abril de 2017

SáBADO SANTO _ Com Maria em Silêncio orante




SABADO SANTO
Com Maria em Silêncio orante
Continuámos a viver este Sábado Santo como Maria, em Silêncio fiel e orante, queremos como Ela estar de pé junto à cruz de Jesus seu amado Filho!
Admiramos a firmeza de Maria: junto da Cruz, com a maior dor humana imaginável, mas cheia de fortaleza!
Queremos como Ela Vigiar até à Vigília da Ressurreição.
Queremos como Ela acreditar, que o amor vence a morte
"Junto à Cruz de Jesus estava sua Mãe...Deus hoje

Padre Ismael Teixeira